https://www.instagram.com/inesleal26/

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Inês Leal

Uma parte da minha historia, passa por aqui!

Inês Leal

Uma parte da minha historia, passa por aqui!

18
Jan18

vamos andar de avião?


Inês Leal

Vais tu, porque eu não...
 
Viajar ou não, eis a questão!!
 
Por vezes pondero seriamente se serei uma pessoa realmente normal!!
O meu marido acha que não, as minhas amigas concordam, porém a minha mãe discorda e eu fico assim mais descansada e vou continuando, sem viajar para sitios que sonho por um medo precioso que guardo com pouco carinho mas muita atenção!!
 
 
Eu acho que não vou conseguir andar de avião NUNCAAAA!!
As minhas amigas acham me tola, dizem que isso é paranoia da minha casa, mas tenho a certeza que é muito mais que isso!!
O meu marido, sempre viajou e dês que está comigo, deixou de o fazer. Passeamos, viajamos, divertimo-nos mas tudo de carro, nunca de avião.
Tenho um sonho, sonho esse que era de visitar a Grécia e uma vontade enorme de lá passar uma semana (no mínimo).
Mas o problema é o meio de transporte pelo qual me vou deslocar até lá!!
 
Quando me perguntam...Mas qual é o medo?
Eu passo a explicar
Primeiro lugar:
A entrada no avião o ter que apertar os cintos e eu já estar transpirada até as unhas dos pés com a maior cara de pânico que alguma vez possam ter imaginado...Boa tarde essa sou eu!!
Segundo o descolar do "bicho" .Dizem que dá borboletas e eu juro que não sei lidar com isso. Aquela aflição de ficarmos sem ar durante segundos não é de todo a melhor sensação do Mundo. Dizem que é como andar de carrocel. Mas eu odeio andar de carroceis e só ai seria a única parva aflita no meio de uma descolagem e com um pouco de sorte com uma criança de 5anos dando me apoio mural e tentando me confortar. Não se riam isto é serio e tudo me acontece!!
Depois o estar lá em cima...ai o estar lá em cima!!
Devem imaginar os mil pensamentos que me vão ocorrer, de todos eles o único positivo que se pode tirar dali é facto de ficarmos feito em 8s
Isto caso não exista muita turbulência e não tenhamos que passar por uma "bolsa de ar" é assim que se chama?
Pois ai devo ter logo dois ataques cardíacos a pensar que é desta que vou de vez.
Em seguida, passamos a aterragem, que os mais experientes dizem que é a parte pior. porra já passei por aquilo tudo e ainda vem a pior parte? não se faz e incomoda.
E por fim a mais importante...
Chegamos ao nosso destino. Brutallll, vamos nos divertir à brava, mas, eu vou ter que passar por este processo todo outra vez?
E se foi aterrorizante? eu não vou conseguir voltar para o meu Portugal??
Eu sei, que é o meio de transporte mais seguro e bla bla bla, mas se cair nem sequer me sobram os olhos, nem uma unha.
Um dia vou conseguir...ando a ponderar e vou levar uma camara!!
 
 
mas não se entusiasmem, eu já ando a ponderar à 10 anos e já cancelamos duas viagens...

162467-004-D7A196F9.jpg

 

 
18
Jan18

o que temos que aceitar é relativo!!


Inês Leal

Já repararam quantas voltas a vida dá? E quantas vezes paramos para pensar em diversas situações que já mais aceitaríamos e que atualmente passamos a aceitar?
Podendo ou não concordar com elas, vamos sempre achando que a vida tem outras prioridades e que aquilo "é só um problema" que nós criamos!
E desculpa-mo-nos então essas situações menos boas e vamos assim , sabendo conviver com elas!!

Está errado!!!!
A nossa decisão tem que prevalecer e se nos aceitarmos viver sem ela, estamos a aceitar aquilo que outrora nos contrariou. Devemos manter a palavra, e não pode haver coerência nem instabilidade nas nossas palavras e muito menos nas nossas ações. Uma mãozinha de liberdade no que toca a expressão do "eu não gosto que, mas"pode já não ter volta a dar!!
O ser humano é mesmo assim, aproveita-se das incertezas e das fraquezas dos de mais e assim o vai conhecendo e testando os seus limites!!
Nas relações é igual!! Tudo começa por uma palavra uma atitude e se esta falha, este começa a não ter credibilidade e começa a haver demasiada confiança ao ponto de um dos dois acabar por falhar!
Com os filhos é igual. Eles seguem as nossas atitudes, avaliam todas as nossas ações e praticam-nas no começo da sua vida. A sua base somos nós, Mães e pais!!
Quando nos zangamos porque não gostamos de uma atitude frequente que estes têm, devemos zangar-nos sempre, até que estes percebam. Eles testam-nos até onde conseguem ir e até onde a nossa paciência vai!!
E ai Tudo passa pelas nossas mãos, e somos os verdadeiros e culpados por inúmeras situações que acontecem na nossa vida. E que a maior parte das vezes nos sentimos injustiçados.

Mas os verdadeiros culpados somos nós, que permitimos essa extensão.

26731575_10209115630561365_3052817192009631041_n (

26731759_10209115629881348_2548740105486959441_n.j

26733840_10209115629241332_2829020999686966947_n.j

26815521_10209115630001351_3014171441457516624_n.j

14
Jan18

Ai se vou falar de amor...


Inês Leal

Talvez agente não morra de amor... Mas talvez esse seja o principalmente fundamento para nos mantermos vivos!! Talvez seja essa a desculpa que se dá, para noites mal dormidas, sorrisos, felicidade e tristeza!! Um misto de emoções, não é verdade? Mas se é amor, porque temos que passar por tudo isso? É injusto,decerto, mas "Amor" não é uma palavra qualquer!! Mais que uma palavra é um sentimento, que nele trás muitas portas e algumas janelas. Temos que o saber avaliar, saber cuidar e se possível, saber recria-lo em diversas situações!! Mas calma... Não chamem de amor a todos os possíveis companheiros, a todas as novas amizades a todas as coisas as quais sentem uma enorme vontade de que seja para sempre, porque o amor nem sempre é eterno!! Ao longo da vida, vamos sabendo avaliar. No entanto nunca vamos saber quanto tempo, este veio para ficar!! O amor cria-se, constrói-se, não aparece quando abrimos a janela, através de um raio de sol, não aparece quando damos o nosso primeiro beijo, não aparece quando colocamos uma roupa bonita para ir ao supermercado comprar pão,Não aparece quando vamos jantar fora com alguém especial, Não aparece no dia que temos o nosso filho!!! Ele vai aparecendo e vai se criando com uma intensidade assustadora, até nos fazer ter medo de pensar que pode acabar. Muitas pessoas se questionam em relação a esse sentimento, pois acham que significa eternidade para com o outro, inclusive consideram que quem abandona, nunca amou!! É errado!!! Mas como tudo na vida, se alimenta... Uma flor se não for regada murcha, um animal se não for cuidado morre, uma relação se não for amada. Acaba!! Contudo o sentimento existiu, mas não permaneceu!! São tantas as coisas que cada vez mais se confundem, os erros que acontecem e as palavras prometidas e invasivas que acabam com tantos corações. Vivem, "brincando aos namorados", "ao faz de conta que amo",ou "vou publicar para parecer que" ou como nos filmes "fomos felizes para sempre" Uma boa semana, sendo o meu primeiro post do ano a falar de amor 24589865.jpg

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

https://www.instagram.com/inesleal26/

Instagram

Comentários recentes

  • Blog Invader

    Parabéns minha querida.Esse ursinho tem muita sort...

  • Anónimo

    Ficas MT mais linda assim bem loira.As fotos das t...

  • Maribel Maia

    E com todo direito de dar a opinião dele...brincar...

  • Inês Leal

    Obrigada ******* =)

  • Ivania Rodrigues

    E está tudo dito!Eu sou uma das românticas incoráv...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D